quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Capitulo 5


Sabe aquela sensação boa de que a partir de um certo momento a sua vida vai finalmente entrar nos eixos e tomar a direção certa?

Aquela sensação de que finalmente encontrou o seu proprio pedacinho de céu e que todo agora gira em volta daquele pequena pedacionho, que temos que cuidar, amar e idoletrar?

Eram essas as sensações que rondavam o meu peito desde a noite do jantar em casa dos Hudgens, depois de me ter despedido dela á porta de sua casa nunca mais a vi, pelo menos não de perto o que me deixava com aquele sentimento chato de perda e saudade.

Eu não sabia o que é que era sentir saudade, já que eu nunca namorei alguém que me deixasse apaixonado ou interessado o suficiente para pensar, quer e desejar a sua companhia do meu lado vinte e quatro horas por dia, sete dias por semana, dozes meses por ano ou até mesmo trezentos e sessenta quatro dias por ano. Nunca havia sentido a falta do calor do sorriso, a suavidade da voz de veludo que acariciava meus pensamentos e o meu coração me deixando bobo, o brilho estouteante do seu olhar ou o brilho lindo do seu sorriso.

O rosto bonito e moreno dela estava marcado em minha mente como um lembrete do seu sorriso bonito, do seu nariz pequeno, dos seus lábios bonitos e cheios, dos seus olhos castanhos de gata mansa, das sombrancelhas bem feitas e dos seus cilios grandes e grossos que moldavam seus olhos.

Os olhos! Aqueles olhos castanhos claros que eram o espelho e o caminho para a sua alma doce e pura que havia me conquistado.

Virei-me na minha enorme cama soltando um suspiro alto focando os meus olhos na janela do meu quarto me maravilhando com a luz palida da lua que brilhava em seu posto mais alto sendo acompanhada com o sentilar inocentes das milhares de estrelas que ali haviam em sua volta dançando.

Da janela do meu quarto eu podia me maravilhar com imponencia da enorme mansão erguida no cume do vale mais alto da cidade, dando a ela um certo isolamento de tudo em sua volta chamando atenção para aquele ponto alto da cidade.

- Vanessa... – Seu nome saiu da minha boca como um sussuro saudoso o que me fez pular da cama e começar a catar todas as minhas roupas me vestindo á velocidade da luz.

Desci as escadas de casa na ponta dos pés com as minhas botas de montaria nas mãos para não acordar ninguém e quase corri até á porta de entrada a abrindo com um leve clique que mal se ouviu na sala de estar pulando para fora de casa no mesmo instante.

Assim que fechei a porta de casa atrás de mim me deparei com as ruas desertas da cidade o que me deixou bem aliviado, já que eu não queria meu nome ou o nome da minha familia na boca do povo maldoso dessa cidade. Com um sorriso se abrindo em meu rosto corri silenciosamente até aos estabulos parando em frente ao meu cavalo negro que se assustou com a minha entrada urgente.

- Shiuu Black sou eu. – Sussurei para o meu cavalo que trotou sem sair do lugar me fazendo sorrir. Passei a mão no seu focinho olhando em seus olhos. – Vamos dar um passeio camarada preciso de visitar a minha Vanessa antes que morra de saudades. – Vi com prazer o cavalo abanar a cabeça grande para cima e para baixo mostrando que havia entendido as minhas palavras.

Entreguei-lhe uma maça vermelha que estava ali na baia e começei a apertar a cela em seu dorso enquanto ele mastigava sua maça em silencio.

Já completamente celado e pronto o guiei em direção aos campos que havia por de trás da cidade que dariam á mansão dos Hudgens e que não me deletariam da minha fuga noturna em plena madrugada.

Assim que subi no dorso do cavalo dei a ordem muda para que ele começa-se a cavalgar nos fazendo disparar pelo vale em direção á colina onde ficava a mansão. Eu podia sentir o sangue correndo quente pelas minhas veias a cada galopada que o cavalo dava, junto com o meu coração que batia com força contra as minhas costelas vendo pouco a pouco a mansão se aproximava de mim (ou eu dela).

Ao longe vi a luz suave que vinha de um dos quartos e sorri imaginando Vanessa sentada em sua cama lendo um dos seus milhares de livros de romance que ela tanto amava ler. Eu já conseguia imaginar a hora de eu a ver sentada em nossa cama lendo enquanto espera por mim para me juntar a ela em nosso leito.

Ri silenciosamente quando senti o calor gostoso do futuro proximo se apoderar de mim me deixando cada vez mais desejoso de a ver. Instiguei ainda mais o cavalo a correr fazendo a brisa da madrugada bater contra o meu rosto fazendo cada cabelo da minha nuca se arrepiarem.

Assim que me vi cavalgando o ultimo campo que nos dava acesso á parte de trás da mansão fiz o cavalo parar perto de umas das arvores que ali ficavam saltando logo em seguida para fora do seu dorso o amarrando á arvore o deixando descansar e comer as maças que haviam na arvore.

Corri na ponta dos pés em direção á varanda onde a luz estava ligada e escalei com cuidado a arvore velha que me daria acesso á varanda do quarto da Vanessa.

Cada parte do meu corpo termia de antecipação ao futuro encontro que tanto ansiava, meu coração estava cada vez mais acelarado assim como o meu sangue borbulhava em minhas veias me deixando ainda mais quente e nervoso.

Será que ela me queria ver?

Merda porque que eu não havia pensando nisso antes de me aventurar?


Abanei fortemente a minha cabeça expulsando todas as minhas duvidas para longe da minha mente e me concentrei em terminar de escalar a enorme arvore.

Quando me vi perto da varanda saltei para dentro dela tentando não fazer qualquer tipo de barrulho para não acordar a irmã dela juntamente com os pais. Não seria nada bom toda a cidade saber que a filha dos Hudgens estava recebendo uma visita noturna de um homem, mesmo que esse homem seja eu não iria ser bom!

Respirei fundo e caminhei sobre a ponta dos meus pés até á enorme janela de portas duplas que tinha uma cortina aberta enquanto a janela estava encostada no batente fazendo uma leve brisa entrar no quarto o deixando fresco neste calor.

Com a ponta de um dedo empurrei a janela levemente fazendo ela ranger em suas dubradiças me assustando, mas vi que nada se mexeu do lado de dentro e tomei novamente uma respiração profunda e terminei de abrir a pequena brecha me deparando com a imagem mais linda que eu já tinha visto na minha vida.

Vanessa estava de costas para a janela cantarolando baixinho enquanto ela pentiava seus longos cabelos negros os deixando lisos e brilhantes, o sorriso em seu rosto demostravam a sua leveza e a sua felicidade, o brilho do seu rosto estava ainda mais esfoziante do que da ultima vez que agente se tinha visto.

Dei um passo em frente me chocando contra a parede baixa da janela fazendo um vaso cair a assustando e me assustando enquanto tentava encontrar uma saida rápida dali.

- Quem está ai? – Ouvi sua voz perguntar enquanto seus passos leves se aproximavam da varanda me deixando cada vez mais desesperado.

Olhei em volta tentando achar uma saida rápida mas foi tarde de mais porque ela já estava á minha frente segurando um sapato de salto alto para se defender enquanto seu robe de seda branca estava aberto mostrando sua camisola curta de seda preta transparente me deixando abismado com tanta beleza enquanto ela me encarava supresa e confusa.

Oh merda e agora?

*************************************************************
OIE MENINAS LINDAS *O* Só eu que achei esse capitulo HIPER MEGA FOFO E ROMANTICO?
KKKKKKKKKKKKKKK' eu amei escrever esse capitulo me lembrou Romeu e Julieta *-*
Qual será a reação da Vanessa assim que acordar da supresa de ver seu amado ali?
Será que ela vai expulsa-lo ou pular no colo dele?
UHULLL U.U Eu sei qal é a reação voces nao!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkk' Enfim espero que comentem pra caramba tanto nesse como no proximo blog!
Beijos e até ao proximo capitulo!
XOXO

7 comentários:

  1. você é mal,por que parou bem nessa parte???
    não vou conseguir esperar até semana que vem p ler o próximo capítulo...
    vou morrer de ansiedade!!!!!
    posta mais e logo,bjss

    ResponderEliminar
  2. eu também lembrei de romeu e julieta.
    o capitulo está muito fofo! eu amei.

    ResponderEliminar
  3. O capitulo esta perfeito e muito fofo, tomara que ela pule no colo dele kkk. Super ansiosa para o próximo. Bjss...

    ResponderEliminar
  4. Ai co
    mecei a ler essa fanfics agora mas ja mim apaixonei.......cade os próximos cp ? POSTA LOGO PF

    ResponderEliminar
  5. Amei o capítulo
    Estou apaixonada por todas as suas ficções

    ResponderEliminar
  6. Aaaahhh eu amei o capitulo, e estou amando a sua fic. Posta logoo...

    ResponderEliminar